O verdadeiro motivo da criação do CPOM

5 jan, 2022 | Gestão Tributária | 0 Comentários

No vídeo de hoje os professores Alexandre Marques e Gustavo Reis abordam, a partir de uma notícia de jornal, um exemplo prático, com a seguinte questão: “O verdadeiro motivo da criação do CPOM”. Confira!

Uma empresa prestadora de serviço de análise e desenvolvimento de sistemas, prestou o serviço sujeito à regra geral de retenção de ISS em um município distinto de sua sede. Se a empresa prestar um serviço que está sujeito a essa regra do artigo 3º da LC 116/2003, ela deverá pagar o ISS no município no qual está localizada sua sede. Suponhamos que a empresa seja de Belo Horizonte, é lá que deverá ser efetuado o pagamento do imposto sobre esse serviço, ainda que o tomador do serviço esteja sediado em São Paulo capital.

Assim, surge o problema do CEPOM, porque, quem criou esse cadastro foi o município de São Paulo e a grande motivação de São Paulo foram os chamados paraísos fiscais que surgiram principalmente em torno da capital paulista. 

Qual a importância do CPOM para fiscalizar os paraísos fiscais?

Um bom exemplo, é a cidade de Santana do Parnaíba, cidade que, conforme mostram reportagens da revista Veja, ficou conhecida como um paraíso fiscal de ISS nos arredores da capital paulista. Em uma determinada reportagem, a revista Veja comprovou que Santana do Parnaíba abrigava endereços fictícios de diversas empresas, e inclusive,  algumas dessas empresas utilizavam o endereço correspondente ao cemitério da cidade, ou seja, ironicamente as empresas fantasmas tinham como endereço o cemitério.

O resultado disso foi que muitas empresas transferiram seus domicílios para Santana do Parnaíba. A reportagem demonstra que por R$100,00 a empresa conseguia alugar um endereço virtual em Santana do Parnaíba pagando o ISS com a redução de base de cálculo muito considerável e economizando no recolhimento desse tributo, no entanto de uma forma visivelmente ilegal. 

Assim, é correto afirmar que esse tipo de situação foi a grande motivação para que o CEPOM fosse criado. Apesar do município de São Paulo ter sido o criador desse cadastro, uma enorme quantidade de municípios o copiaram e aplicaram em seus contextos. Existe uma série de municípios principalmente capitais que seguiram o exemplo de São Paulo e adotaram uma linha às vezes com um nome diferente mas baseado na mesma filosofia.

Veja também: O QUE DISSE O STF NO RECURSO EXTRAORDINÁRIO QUE TRATOU DO CEPOM?

Receba os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp clicando aqui.

[Entre no nosso canal no Telegram]

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: [email protected]

🚀 O curso Gestão Tributária de Contratos e Convênios vai dar um up na sua carreira! CONFIRME SUA PRESENÇA CLICANDO AQUI.

Curso Retenção de ISS na Contratação de Pessoas Físicas e Jurídicas

Evite prejuízos decorrentes de autuações pelos Municípios aprendendo em definitivo como apurar e recolher o ISS incidente na fonte (a mais complexa de todas as retenções tributárias)!

Curso Retenção de ISS na Contratação de Pessoas Físicas e Jurídicas

Publicações recentes

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.