0800 888 1482 [email protected]

      A inércia dos Estados e Municípios que NÃO estão adotando as novas regras de IRRF

      5 abr, 2023 | Gestão Tributária, Notícias Tributárias | 0 Comentários

      A Receita Federal publicou nesta segunda (03/04) o Ato Declaratório Executivo Cofis nº 26, de 31 de março de 2023. Nele o órgão aprova a versão 1.1 do Programa Gerador da DIRF 2023, relativa a fatos geradores ocorridos no ano-calendário de 2022. Mas o que há de relevante nessa alteração ocorrida após o prazo de entrega da declaração?

      O texto do ADE Cofis informa que o programa foi atualizado para possibilitar o registro da informação referente aos pagamentos e o respectivo IRRF, efetuados por Órgãos, Autarquias e Fundações da Administração Pública Estadual, Distrital e Municipal a outras pessoas jurídicas contratadas para o fornecimento de bens ou prestação de serviços.

      VEJA TAMBÉM: INÍCIO DA EMISSÃO DA NFS-E PADRÃO NACIONAL É ADIADO

      É mais uma sinalização importante que comprova que a Receita Federal está obedecendo à decisão proferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em outubro de 2021. O maior problema continua sendo a inércia dos Estados e Municípios que NÃO estão adotando as novas regras de retenção do Imposto de Renda na fonte.

      Por causa da falta de conhecimento dos servidores públicos, todos os dias milhões de reais (R$) estão deixando de ser retidos pelos entes estaduais e municipais, e a União vem se favorecendo da passividade deles. Apesar de se tratar de um tributo federal, vale lembrar que a Constituição garante o direito de Estados e Municípios se apropriarem do resultado daquilo que é descontado na fonte a título de IRRF (arts. 157 e 158), o que pode incrementar muito a arrecadação do ente federativo.

      VEJA TAMBÉM: SUBSTITUIÇÃO DA DCTF PELA DCTFWEB EM RELAÇÃO AO IRRF DECORRENTE DAS RELAÇÕES DE TRABALHO, APURADO POR MEIO DO ESOCIAL, OCORRERÁ A PARTIR DO MÊS DE MAIO DE 2023

      Se você trabalha em um órgão, autarquia ou fundação estadual ou municipal e não está por dentro disso, saiba que a Open possui um treinamento voltado para esclarecer todas as dúvidas relacionadas ao tema, de forma a orientar os servidores responsáveis a adotar as novas regras de retenção.

      Para saber mais sobre o treinamento A Nova Retenção do Imposto de Renda dos Órgãos, Autarquias e Fundações Estaduais e Municipais, clique no link a seguir: https://opentreinamentos.com.br/cursos-e-treinamentos/a-nova-retencao-de-imposto-de-renda-dos-orgaos-autarquias-e-fundacoes-estaduais-e-municipais/

      Curso Especialista em Retenções Tributárias

      Domine a complexa legislação tributária que trata das retenções na fonte e dê uma guinada em sua carreira profissional!

      Curso especialista em Retenções Tributárias

      Publicações recentes

      Featured Video Play Icon

      A DIRF ainda terá que ser entregue em 2025? Alteração importante!

      O adiamento da DIRF 2024 gera diversas implicações. A primeira e mais importante é que esse fato não indica uma flexibilização (…)

      Featured Video Play Icon

      IRRF na DCTFWeb: Veja como preencher e enviar o evento R-4020!

      Com o foco no evento R-4020 que diz respeito aos rendimentos pagos ou creditados a pessoas jurídicas, é imprescindível ter uma visão (…)

      Featured Video Play Icon

      2 requisitos que determinam se incide ou não INSS na cessão de mão de obra ou empreitada

      Entender se incide ou não INSS sobre determinadas operações é extremamente relevante no contexto jurídico e tributário brasileiro (…)

      Arquivos

      Posts relacionados

      Seu comentário é bem-vindo!

      Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

      0 comentários

      Enviar um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *