#56: A importância da IN RFB 1.500/2014 para os profissionais da área tributária

26 out, 2019 | IRRF, Vídeos | 0 Comentários

Vídeo #56 de 365 publicação ao longo do ano!

A legislação que trata do Imposto de Renda, semelhante ao que visualizamos para os demais tributos, é muito fragmentada, o que, de certa forma, dificulta o acesso do contribuinte às informações atualizadas de forma precisa.

Por isso, a Receita Federal do Brasil, em 2014, fez a consolidação da legislação que trata do Imposto de Renda das pessoas físicas. No entanto, esta consolidação exime o tomador de conferir as regras de retenção nas legislações específicas? Confira a orientação no vídeo a seguir.

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: contato@focotributario.com.br.

Curso Gestão Tributária de Contratos e Convênios

Participe do Curso Gestão Tributária, o evento mais completo do mercado acerca da incidência do INSS, IRRF, CSLL, PIS/Pasep, Cofins e ISS na fonte. É o único com carga horária de 24 horas-aula distribuídas ao longo de três dias consecutivos.

Publicações recentes

podcast-sobre-gestao-tributaria

GT Cast #10 – Outubro/2019 – O seu podcast sobre Gestão Tributária.

Seja bem-vindo a mais uma edição do GT Cast, o seu podcast sobre Gestão Tributária. Nesta edição falamos a respeito da (…)

Como-se-dá-o-enquadramento-no-regime-de-desoneração-da-folha

#74: Como se dá o enquadramento no regime de desoneração da folha?

O regime da desoneração da folha de salários, instituído pela Lei nº 12.546/2011 (…)

Fornecimento-de-refeição-em-refeitório-produto-ou-serviço

#73: Fornecimento de refeição em refeitório: produto ou serviço?

É bastante comum que grandes empresas contratem terceirizadas para preparar e fornecer refeições aos seus empregados em refeitório (…)

A-contratação-de-MEI-deve-ser-informada-no-eSocial-ou-na-EFD-Reinf

#72: A contratação de MEI deve ser informada no eSocial ou na EFD-Reinf?

Nas contratações de MEI, a incidência da Contribuição Patronal está condicionada a prestação de determinados (…)

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *