#129: Como evitar o recolhimento da multa e juros dos encargos que incidem sobre a retenção?

7 jan, 2020 | EFD-Reinf, Vídeos | 0 Comentários

Vídeo #129 de 365 publicações ao longo do ano!

Com a implantação da EFD-Reinf, a Receita Federal do Brasil passou a exigir que, tanto tomadores como prestadores de serviços, prestem informações mensais acerca das notas fiscais submetidas ao desconto na fonte de 11% ou 3,5%, gerando um controle apurado das retenções de INSS na cessão de mão de obra.

Assim, é possível que haja um cruzamento de informações detalhadas de cada nota fiscal entre a EFD-Reinf do prestador e a declaração do tomador de serviços. No entanto, como evitar o recolhimento de acréscimos legais de juros e multas que incidem sobre a retenção devida pelo contratante quando a tramitação das notas fiscais ocorre de forma morosa?

É o que vamos explicar no vídeo de hoje, inclusive, com um exemplo prático para melhor compreensão. Confira!

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: [email protected]

Se quiser receber os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp: +55 71 9 9385-2662.

​​

Publicações recentes

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.