Coleta de lixo está sujeita à retenção de INSS quando prestada por optante do SN?

17 ago, 2021 | Gestão Tributária, Vídeos | 0 Comentários

? Mais de 24 horas de aula, 24 pontos no CFC, 1 livro do professor e muito mais, você só encontra no curso Especialista em Retenções Tributárias! Parcele em até 12x ou compre à vista com desconto especial: https://www.opentreinamentos.com.br/eventos/curso-especialista-em-retencoes-tributarias-curso-100-online/

No vídeo de hoje o professor Alexandre Marques aborda, a partir de um exemplo prático, a seguinte questão: “Coleta de lixo está sujeita à retenção de INSS quando prestada por optante do SN?”. Confira!

A importância da interpretação correta da IN RFB 971/2009 para resolução do caso Para compreendermos melhor esse tema, vamos partir de um exemplo prático. Em uma determinada nota fiscal de serviço de coleta de lixo e resíduos estão discriminados o preço unitário do serviço (R$10.000,00) e a retenção previdenciária sobre o valor bruto, com o percentual de 1%. A pergunta é: sendo hipótese de retenção se o prestador do serviço for optante do Simples Nacional deve haver um desconto na fonte conforme artigo 191 da IN RFB 971/2009? Há alguma formalidade legal a ser observada neste caso?

O supracitado artigo 191 deve ser interpretado levando em consideração a LC 123/2006, isso porque, é nessa lei que estão dispostos as atividades sujeitas ao anexo IV do Simples Nacional, ou seja, os serviços de limpeza e conservação, vigilância, algumas atividades de construção civil e serviços advocatícios. Sabendo disso, resta a dúvida: o serviço de coleta de lixo e resíduos se equipara aos serviços de limpeza e conservação para fins de enquadramento no Anexo VI? A nossa orientação é em sentido negativo, não trate coleta de lixo e resíduos como limpeza. Essa orientação se deve por dois motivos principais que veremos a seguir.

A localização do artigo dentro da IN RFB 971/2009

Em primeiro lugar, o art. 118, inciso V, da IN RFB 971/2009 discrimina a atividade de coleta de lixo e resíduos como sujeito à retenção. Todavia, se fosse pretensão do legislador tratar coleta de lixo e resíduos como limpeza, porque ele colocaria essa informação no artigo citado e não no inciso I do art. 107, onde já está discriminado serviço de limpeza? Assim sendo, observando que os serviços listados estão localizados em dois incisos distintos de dois artigos diferentes, a conclusão natural é que coleta de lixo e resíduos e limpeza são dois serviços distintos, embora possuam uma finalidade convergente, isto é, ambos têm, um objetivo final semelhante, são serviços diferentes.

O posicionamento da Receita Federal sobre o assunto Em segundo lugar, devemos observar o disposto pela Receita Federal na Solução de Consulta n° 31/2016:

“Solução de Consulta Cosit n° 31, de março de 2016

(…)

Os serviços de tratamento e destinação final de resíduos urbanos não se confundem com os serviços de limpeza, conservação ou zeladoria, não sendo aos primeiros aplicáveis a retenção na fonte das Contribuições Sociais prevista no art. 30 da Lei nº 10.833, de 2003.” Nessa solução de consulta, a RFB deixa claro que coleta de lixo e resíduos não se confunde com serviço de limpeza predial, entretanto, a Receita fala isso, não para efeito de INSS, mas para efeito da incidência das Contribuições Sociais na Fonte (CSLL, PIS/PASEP E COFINS). Ainda assim, o raciocínio utilizado pelo Fisco pode ser aplicado ao contexto do INSS e a resposta final de nossa pergunta continua sendo não, já que o serviço não é tributado pelo Anexo IV da LC 123/2006. Dessa forma, esse serviço, não sendo tributado pelo Anexo IV, não importa se ele está na lista de serviços sujeitos à retenção, já que estará dispensado da tributação em questão.

Veja também: A predominância da mão de obra sobre o material influencia a natureza da operação?

Receba os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp clicando aqui.

[Entre no nosso canal no Telegram]

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: [email protected].

? O curso Gestão Tributária de Contratos e Convênios vai dar um up na sua carreira! CONFIRME SUA PRESENÇA CLICANDO AQUI.

Publicações recentes

Entrega da declaração do Imposto de Renda 2024 já tem data definida; confira.

A declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2024 deve ser entregue entre 15 de março e 31 de maio. Ao todo (…)

Obrigações do MEI em 2024: fique atento às datas e mudanças previstas

Com a chegada do novo ano, os Microempreendedores Individuais (MEIs) enfrentam uma série de obrigações legais e fiscais (…)

Featured Video Play Icon

Estados e Municípios: Qual a alíquota do IRRF de serviços prestados com emprego de materiais?

Ressalvadas algumas exceções, há alguns serviços que realmente são tributados com alíquota do IRRF bem como que (…)

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *