0800 888 1482 [email protected]

      #88: Por que a RFB distingue o documento digital do digitalizado?

      27 nov, 2019 | Gestão Tributária, Vídeos | 0 Comentários

      Vídeo #88 de 365 publicações ao longo do ano!

      A Receita Federal do Brasil, através da Solução de Consulta Cosit nº 28/2014, trouxe o entendimento de que a assinatura exigida na declaração referenciada no art. 6º da IN RFB nº 1.234/2012, que deve ser entregue para a fonte pagadora por empresas optantes pelo Simples Nacional, deve ser realizada de próprio punho ou em forma eletrônica, com a assinatura digital e expedida por uma autoridade certificadora.

      Entretanto, qual a diferença prática entre o documento digital e o documento digitalizado? Confira no vídeo de hoje o motivo do rigor aplicado neste tipo de análise, com uma explicação contextualizada para melhor compreensão.

      Publicações recentes

      Featured Video Play Icon

      A DIRF ainda terá que ser entregue em 2025? Alteração importante!

      O adiamento da DIRF 2024 gera diversas implicações. A primeira e mais importante é que esse fato não indica uma flexibilização (…)

      Featured Video Play Icon

      IRRF na DCTFWeb: Veja como preencher e enviar o evento R-4020!

      Com o foco no evento R-4020 que diz respeito aos rendimentos pagos ou creditados a pessoas jurídicas, é imprescindível ter uma visão (…)

      Featured Video Play Icon

      2 requisitos que determinam se incide ou não INSS na cessão de mão de obra ou empreitada

      Entender se incide ou não INSS sobre determinadas operações é extremamente relevante no contexto jurídico e tributário brasileiro (…)

      Arquivos

      Posts relacionados

      Seu comentário é bem-vindo!

      Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

      0 comentários

      Enviar um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *