#192: Obrigatoriedade da expressão empreitada ou cessão de mão de obra

10 mar, 2020 | Gestão Tributária, Vídeos | 0 Comentários

Vídeo #192 de publicações ao longo do ano!

Normalmente, tomadores e prestadores tem dúvidas se há alguma predominância do que está prescrito no contrato em relação à realidade de fato. Ou seja, a presença das expressões “empreitada” ou “cessão de mão de obra” devem estar presentes no contrato para que o tomador saiba se deve ou não proceder ao desconto do INSS na fonte?

Em outras palavras, a situação de fato prevalece sobre a descrição formal apontada no contrato? Confira as respostas de nosso professor Alexandre Marques, que foram debatidas no nosso último GTAP!

Link do vídeo mencionado.

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: [email protected]

Se quiser receber os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp: +55 71 9 9385-2662.

Publicações recentes

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.