Deduções de despesas médicas do IR terão teto de renda, diz Cintra.

19 ago, 2019 | Notícias Tributárias | 0 Comentários

O secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, afirmou nesta segunda-feira, 12, que o governo pretende estabelecer um teto de renda para que os brasileiros possam ter acesso à dedutibilidade de despesas médicas na declaração do Imposto de Renda para Pessoas Físicas (IRPF) , na proposta de reforma tributária que está sendo elaborada pela equipe econômica.

“O que nós pretendemos, no que diz respeito a deduções médicas no IR, é estabelecer um teto”, disse. “Hoje existe um benefício excessivo a famílias de alta renda, que usa medicina particular e não usa o SUS. O grosso da população usa o SUS e não tem nenhuma dedução”, afirmou. “Vamos estabelecer um teto que seja justo, e não dê excesso de privilégios e benefícios àqueles que não precisam”, acrescentou.

Deduções de despesas médicas do IR terão teto de renda, diz Cintra

Cintra, que encerrou há pouco participação em evento da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), também comentou a proposta de criação de um tributo sobre pagamentos, para substituir o tributo sobre folha e financiar a Previdência. Segundo ele, a substituição aumentaria em 30% a base de arrecadação, porque a Receita estima que há R$ 400 bilhões de recursos que são sonegados, diante de uma arrecadação prevista de R$ 1,4 trilhão.

“Um tributo sobre pagamento com uma alíquota pequena trará benefícios muito maiores e malefícios muito menores do que um tributo convencional com uma alíquota gigantesca”, disse.

Fonte: O Estadão

Publicações recentes

A definição de tomador de serviço à luz da nova LC 175/2020

  Definição de tomador de serviço - A...

MEI: governo exige novas regras para formalização

  O governo federal mudou as regras para...

Declaração anual MEI: prazo de entrega é adiado para 30 de junho

  Inicialmente, a entrega da declaração...

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.