0800 888 1482 [email protected]

      Conceito de reforma para fins de retenção do INSS

      18 maio, 2021 | INSS, Vídeos | 0 Comentários

      Em uma das lives do curso Especialista em Retenções Tributárias, o professor Alexandre Marques utilizou um exemplo prático para esclarecer o conceito de reforma para fins de retenção do INSS. Não deixe de conferir: 

      Reforma para fins de retenção do INSS: Exemplo

      O exemplo prático se deu pela apresentação de um contrato de prestação de serviços. Vejamos a primeira cláusula e o parágrafo sugerido pelo professor:

      Cláusula primeira – O objeto do contrato é uma reforma do edifício sede do contratante, conforme projeto constante do Anexo I.

      Parágrafo único – O objeto do contrato enquadra-se na descrição constante do código 4120-4/00 da Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE).”

      Reforma para fins de retenção do INSS: Definição

      4120-4/00 é o código CNAE dessa operação. É importante compreender isso porque, ao falar de reforma, é preciso entender a reforma de um edifício, edificação e imóvel, como sendo algo dentro do código CNAE de construção. É necessário que isso fique claro para compreender situações menores mas extremamente relevantes como, por exemplo, até que ponto o serviço de pintura é considerado reforma.

      Para isso, é necessário analisar o Anexo VII da IN 971/2009. Dentro do código CNAE há notas explicativas que esclarecem o que está compreendido na definição. No caso do código 4120-4/00, está escrito:

      “Esta Subclasse compreende: (…) – as reformas, manutenções correntes, complementações e alterações de edifícios de qualquer natureza já existentes;”

      Portanto, reforma para fins de retenção do INSS enquadra serviços que envolvem um projeto, que são mais complexos e vão além da execução de um serviço pontual, como é o caso da pintura que foi enquadrada mais adiante como serviço de construção civil.

      Reforma para fins de retenção do INSS envolve algum tipo de intervenção no imóvel com a substituição de materiais, como definido no art. 322 da IN 971/2009. Portanto, uma reforma é uma obra de construção civil que está vinculada ao código CNAE 4120-4/00 e, se essa análise é feita no início da operação, fica muito mais fácil definir a tributação do contrato.

      Veja também: Qual o conceito de empreitada para fins de retenção do INSS?

      [Entre no nosso canal no Telegram]

      Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: [email protected].

      Se quiser receber os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp: +55 71 9 9385-2662.

      Publicações recentes

      Featured Video Play Icon

      A DIRF ainda terá que ser entregue em 2025? Alteração importante!

      O adiamento da DIRF 2024 gera diversas implicações. A primeira e mais importante é que esse fato não indica uma flexibilização (…)

      Featured Video Play Icon

      IRRF na DCTFWeb: Veja como preencher e enviar o evento R-4020!

      Com o foco no evento R-4020 que diz respeito aos rendimentos pagos ou creditados a pessoas jurídicas, é imprescindível ter uma visão (…)

      Featured Video Play Icon

      2 requisitos que determinam se incide ou não INSS na cessão de mão de obra ou empreitada

      Entender se incide ou não INSS sobre determinadas operações é extremamente relevante no contexto jurídico e tributário brasileiro (…)

      Arquivos

      Posts relacionados

      Seu comentário é bem-vindo!

      Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

      0 comentários

      Enviar um comentário

      O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *