Simples Nacional excluído por débito pode retornar ao regime

14 jun, 2019 | Notícias Tributárias | 0 Comentários

Empresas excluídas do Simples Nacional por débito poderão retornar ao regime, desde que tenham aderido ao Pert-SN

A autorização para retornar ao Simples Nacional consta da Lei Complementar nº 168/2019, publicada hoje dia 13/06, no Diário Oficial da União.

O prazo para opção retroativa a janeiro de 2018 termina em 30 dias contados de hoje, 13/06.

A Lei Complementar nº 168 de 2019, foi publicada depois de o Congresso Nacional derrubar o veto do ex presidente Michel Temer.

De acordo com o art. 1º da Lei Complementar nº 168 de 2019:

Os microempreendedores individuais, as microempresas e as empresas de pequeno porte excluídos, em 1º de janeiro de 2018, do Regime Especial Unificado de Arrecadação de Tributos e Contribuições devidos pelas Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Simples Nacional) , instituído pela Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, que fizerem adesão ao Programa Especial de Regularização Tributária das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte optantes pelo Simples Nacional (PertSN), instituído pela Lei Complementar nº 162, de 6 de abril de 2018, poderão, de forma extraordinária, no prazo de 30 (trinta) dias contado da data de publicação desta Lei, fazer nova opção pelo regime tributário, com efeitos retroativos a 1º de janeiro de 2018, desde que não incorram, em 1º de janeiro de 2018, nas vedações previstas na Lei Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006, na forma do regulamento.

Fonte: Receita Federal do Brasil

Curso Gestão Tributária de Contratos e Convênios

Participe do Curso Gestão Tributária, o evento mais completo do mercado acerca da incidência do INSS, IRRF, CSLL, PIS/Pasep, Cofins e ISS na fonte. É o único com carga horária de 24 horas-aula distribuídas ao longo de três dias consecutivos.

Publicações recentes

bolsa-de-estagio-deve-ser-somada-a-outros-rendimentos-para-fins-de-ir

#276: Bolsa de estágio deve ser somada a outros rendimentos para fins de IR?

As empresas que têm estagiários e os remuneram com bolsas, normalmente não efetuam a retenção do IR sobre (…)

Como-evitar-a-dupla-incidência-do-ISS-sobre-o-optante-do-Simples-que-sofre-retenção

#275: Como evitar a dupla incidência do ISS sobre o optante do Simples que sofre retenção?

O optante do Simples Nacional pode sofrer retenção do ISS, a depender de uma série de variáveis. O fato é que (…)

274-como-tributar-os-reembolsos-de-despesas-a-funcionarios

#274: Como tributar os reembolsos de despesas a funcionários?

Tratamento que deve ser dispensado ao reembolso de despesa efetuado pelas empresas a funcionários que trabalham no regime CLT.A escassez de normas…

Quando-o-INSS-é-recolhido-por-dentro-e-por-fora-do-Simples-Nacional

#272: Quando o INSS é recolhido por dentro e por fora do Simples Nacional?

A dúvida hoje foi da Vanessa Maria Silva e ela nos relata que possui uma empresa do Simples (…)

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *