#237: Diferença fundamental entre o fato gerador da retenção do IR e das Contribuições Sociais

24 abr, 2020 | IRRF, Vídeos | 0 Comentários

Vídeo #237 de 365 publicações ao longo do ano!

Um aspecto interessante quanto à retenção do Imposto de Renda e das Contribuições Sociais nos pagamentos à pessoas jurídicas por entes e empresas não federais, consiste na diferença entre o momento de ocorrência do fato gerador dessas obrigações.

Isso porque, enquanto o fato gerador do IRRF é o pagamento ou crédito, o que ocorre primeiro, no caso das Contribuições Sociais, o fato gerador é tão somente o momento do pagamento.

No entanto, será que a fonte pagadora para fins de controle ou praticidade poderia alinhar os fatos geradores? Confira a resposta no vídeo de hoje, através da explicação do professor Alexandre Marques!

Participe do Workshop Online promovido pelo Foco Tributário “Retenções Tributárias dos Optantes do Simples Nacional”, que ocorrerá nos dias 4 a 8 de maio de 2020! Para participar, inscreva-se em nossa lista acessando o blog do Foco Tributário. Nós iremos te enviar o link de acesso para o e-mail cadastrado. Aproveite, o evento é 100% online e gratuito!

Para entrar em contato conosco e tirar dúvidas, envie um e-mail para: contato@focotributario.com.br.

Se quiser receber os conteúdos diretamente em seu celular, envie uma solicitação para nosso WhatsApp: +55 71 9 9385-2662.

Curso Gestão Tributária de Contratos e Convênios

Participe do Curso Gestão Tributária, o evento mais completo do mercado acerca da incidência do INSS, IRRF, CSLL, PIS/Pasep, Cofins e ISS na fonte. É o único com carga horária de 24 horas-aula distribuídas ao longo de três dias consecutivos.

Publicações recentes

269-como-tratar-as-receitas-que-tem-imunidade-do-iss-no-calculo-do-simples-nacional

#269: Como tratar as receitas que têm imunidade do ISS no cálculo do Simples Nacional?

A imunidade tributária, prevista no art. 150, VI, d, da Constituição Federal, concedida aos livros, jornais e periódicos, livra os respectivos bens da exigência…

268-retencao-de-ir-do-optante-do-simples-o-que-acontece-quando-a-empresa-sai-do-regime

#268: Retenção de IR do optante do Simples: o que acontece quando a empresa sai do regime?

O optante do Simples que emitiu uma nota fiscal em 2019 para um tomador que é órgão público sofre retenção de Imposto de Renda quando o pagamento…

267-um-aspecto-fundamental-para-determinar-a-incidencia-da-cprb

#267: Um aspecto fundamental para determinar a incidência da CPRB

A dúvida de hoje é do Raony e ele nos pergunta acerca de uma questão muito importante relacionada à aplicação (…)

266-sem-duvidas-1-100-o-inss-tem-que-ser-recolhido-pelo-aposentado-que-presta-servico

#266: O INSS tem que ser recolhido pelo aposentado que presta serviço?

Separamos a pergunta da Antônia Costa, sobre a necessidade de o aposentado que presta serviço pagar a Contribuição Previdenciária para o INSS…

Arquivos

Posts relacionados

Seu comentário é bem-vindo!

Adicione seu comentário ou deixe sua pergunta.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X