Por quê o IRPJ no Lucro Presumido aumenta a cada ano?

13 set, 2017 | IRRF | 0 Comentários

Lei nº 9.249/95 estabeleceu que a partir de 1996 as pessoas jurídicas optantes pelo Lucro Presumido estão sujeitas à alíquota de 15% (quinze por cento) de Imposto de Renda. Nesta mesma lei (art. 3º), também ficou definido o recolhimento do percentual de 10% (dez por cento) que incide sobre a parcela do lucro que excede a R$ 20.000,00 (vinte mil reais) mensais. Assim, as empresas passaram a pagar 25% de Imposto de Renda sobre a parcela do lucro excedente a R$ 20.000,00 mensais.

Com o passar dos anos as empresas que aumentaram suas receitas simplesmente em função da inflação, acabaram sendo tributadas de uma maneira mais pesada pelo Imposto de Renda. Ou seja, as empresas que reajustam os preços de seus produtos ou serviços a cada ano tiveram a tributação do Imposto de Renda majorada.

Assista o vídeo completo no blog Foco Tributário →

Publicações recentes

Receita Federal suspende emissão da Nota Fiscal Eletrônica por três dias

  Suspensão do sistema da Receita é para manutenção e vai...

GT CAST #36 – Março 2022 – O seu podcast sobre Gestão Tributária!

  Seja bem-vindo(a) a mais uma edição do GT Cast, o seu...

Governo Federal vai atualizar tabela do Imposto de Renda

  A faixa de isenção, hoje em R$ 1,9 mil, deve aumentar,...

Exemplo prático de envio de evento periódico da EFD-Reinf e da DCTFWeb

 Prazo para o envio de eventos periódicos na EFD-Reinf e...

Simples Nacional e MEI: Congresso quer ampliar limite de faturamento

 Empresas que pedem aumento no limite de faturamento do...

Posts relacionados