Por quê o IRPJ no Lucro Presumido aumenta a cada ano?

13 set, 2017 | IRRF | 0 Comentários

Lei nº 9.249/95 estabeleceu que a partir de 1996 as pessoas jurídicas optantes pelo Lucro Presumido estão sujeitas à alíquota de 15% (quinze por cento) de Imposto de Renda. Nesta mesma lei (art. 3º), também ficou definido o recolhimento do percentual de 10% (dez por cento) que incide sobre a parcela do lucro que excede a R$ 20.000,00 (vinte mil reais) mensais. Assim, as empresas passaram a pagar 25% de Imposto de Renda sobre a parcela do lucro excedente a R$ 20.000,00 mensais.

Com o passar dos anos as empresas que aumentaram suas receitas simplesmente em função da inflação, acabaram sendo tributadas de uma maneira mais pesada pelo Imposto de Renda. Ou seja, as empresas que reajustam os preços de seus produtos ou serviços a cada ano tiveram a tributação do Imposto de Renda majorada.

Assista o vídeo completo no blog Foco Tributário →

Publicações recentes

Featured Video Play Icon

Mudança na base de cálculo do ISS na construção civil: agora é definitivo!

Recentemente, em dezembro de 2023, o STJ, em julgamento pela 2ª...
Featured Video Play Icon

GT Cast #52 – Janeiro e Fevereiro/2024 – O seu Podcast sobre Gestão Tributária!

Seja bem-vindo(a) a mais uma edição do GT Cast, o seu podcast...
Featured Video Play Icon

A DIRF ainda terá que ser entregue em 2025? Alteração importante!

O adiamento da DIRF 2024 gera diversas implicações. A primeira e mais importante é que esse fato não indica uma flexibilização (…)

Featured Video Play Icon

IRRF na DCTFWeb: Veja como preencher e enviar o evento R-4020!

Com o foco no evento R-4020 que diz respeito aos rendimentos pagos ou creditados a pessoas jurídicas, é imprescindível ter uma visão (…)

Posts relacionados