O que muda na retenção de 3,5% para o INSS com o fim da desoneração?

29 jun, 2018 | INSS | 0 Comentários

Apesar da publicação da Lei nº 13.670/2018, que foi noticiada como a norma que pôs fim ao regime de desoneração da folha de salários, podemos dizer que os efeitos práticos sobre a retenção de 3,5% não serão sentidos agora, em 2018, pelos tomadores de serviços.

Isso porque a referida lei excluiu do regime de desoneração da folha setores como transporte ferroviário de cargas, transporte aéreo e marítimo, manutenção e reparação de aeronaves e embarcações, setor hoteleiro, indústria de alimentos, bebidas, produtos químicos, medicamentos, comércio varejista de determinadas categorias, dentre outros, tendo seus efeitos válidos a partir do dia 1º de setembro de 2018, em função do princípio da anterioridade nonagesimal (conhecido como noventena).

Leia mais no Foco Tributário ->

Publicações recentes

Receita Federal suspende emissão da Nota Fiscal Eletrônica por três dias

  Suspensão do sistema da Receita é para manutenção e vai...

GT CAST #36 – Março 2022 – O seu podcast sobre Gestão Tributária!

  Seja bem-vindo(a) a mais uma edição do GT Cast, o seu...

Governo Federal vai atualizar tabela do Imposto de Renda

  A faixa de isenção, hoje em R$ 1,9 mil, deve aumentar,...

Exemplo prático de envio de evento periódico da EFD-Reinf e da DCTFWeb

 Prazo para o envio de eventos periódicos na EFD-Reinf e...

Simples Nacional e MEI: Congresso quer ampliar limite de faturamento

 Empresas que pedem aumento no limite de faturamento do...

Posts relacionados