Como fica a alíquota do Simples Nacional a partir de 2018?

30 ago, 2017 | Simples Nacional | 0 Comentários

A partir de 2018 o cálculo do Simples Nacional se torna bem mais complexo de se compreender, já que passam a valer as alterações trazidas pela Lei Complementar nº 155/2016.

O número de faixas de faturamento é reduzido de 20 para apenas 6. Além disso, o cálculo do Simples devido mensalmente passa a incorporar uma característica semelhante à do Imposto de Renda Retido na Fonte (IRRF) das pessoas físicas. Após a aplicação de uma alíquota percentual, também é necessário abater a parcela a deduzir em Reais (R$) incorporada aos Anexos da LC 123/2006.

Assista o vídeo completo no blog Foco Tributário →

Publicações recentes

Contratação de consórcio de empresas

Retenção e compensação de INSS na contratação de consórcio de empresas

  Contratação de consórcio de empresas - Com o objetivo de...
esocial-extinto

Afinal de contas, o eSocial será extinto?

Durante o 1º semestre de 2019, muito se ouviu falar sobre uma possível extinção da Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas…

Retenção de IR nos pagamentos a agências de viagens

Retenção de IR nos pagamentos a agências de viagens

O tratamento dispensado às agências de viagens quanto à retenção do Imposto de Renda envolve algumas peculiaridades. Dentre elas, vale a pena destacar o seu modo diferenciado de recolhimento.

Alíquota mínima do ISS

Algumas implicações da alíquota mínima do ISS

  Alíquota mínima do ISS - Desde a Emenda Constitucional...
GTCAST-PODCAST-SOBRE-GESTÃOTRIBUTARIA

GT Cast #06 – Junho/2019 – O seu podcast sobre Gestão Tributária!

  Seja bem-vindo ao sexto GT Cast, o seu podcast sobre...

Posts relacionados