Duas formalidades essenciais na retenção de 11% do INSS

8 set, 2017 | INSS | 0 Comentários

Há duas formalidades muito importantes que devem ser observadas pelo tomador e pelo prestador de serviços nas notas fiscais sujeitas à retenção de 11% do INSS incidente na cessão de mão de obra ou empreitada.

Ao examinar as duas formalidades, destacamos que a primeira delas tem importância maior para o prestador do serviço. Mas sabemos que a falta de sua observância demanda uma atenção maior do tomador, na medida em que não é lícito a ele alegar qualquer omissão para se eximir de sua responsabilidade (art. 79 da IN RFB 971/2009).

Assista o vídeo completo no blog Foco Tributário →

Publicações recentes

Receita Federal suspende emissão da Nota Fiscal Eletrônica por três dias

  Suspensão do sistema da Receita é para manutenção e vai...

GT CAST #36 – Março 2022 – O seu podcast sobre Gestão Tributária!

  Seja bem-vindo(a) a mais uma edição do GT Cast, o seu...

Governo Federal vai atualizar tabela do Imposto de Renda

  A faixa de isenção, hoje em R$ 1,9 mil, deve aumentar,...

Exemplo prático de envio de evento periódico da EFD-Reinf e da DCTFWeb

 Prazo para o envio de eventos periódicos na EFD-Reinf e...

Simples Nacional e MEI: Congresso quer ampliar limite de faturamento

 Empresas que pedem aumento no limite de faturamento do...

Posts relacionados